Proteção solar facial diária 5 Stars

Proteção solar especialmente criada para o uso diário

Os filtros solares ISDIN para uso diário combinam de maneira ideal a proteção UV com textura ultraleve de absorção imediata e controle de oleosidade, um excelente grau de tolerância na pele e impacto ambiental reduzido.

  • Elevada Proteção UV: proteção solar facial ideal para uso diário e atividades ao ar livre.
  • Não irrita os olhos: testado oftalmologicamente.
  • Tolerância ótima: Textura ultraleve de absorção imediata e controle da oleosidade da pele sem deixar resíduos. Adequado para todos os tipos de pele, incluindo pele sensível.
  • Wet skin: Pode ser aplicado sobre a pele molhada.
  • Sea friendly: Fórmula composta principalmente por ingredientes biodegradáveis ​​e / ou inorgânicos.

SAIBA MAIS

runners

Tempo gasto ao ar livre

A exposição intensa à luz solar por longos períodos de tempo, como quando nos exercitamos, trabalhamos ao ar livre, fazemos longas caminhadas ou aproveitamos o sol no verão, coloca nossa pele em maior risco e pode causar queimaduras solares, que são produzidas principalmente pela exposição à radiação UVB. A nova e aprimorada fórmula do Fusion Water será a escolha ideal para a sua pele nessas condições.

  • check-icon FPS (UVB) 60
  • check-icon Não irrita os olhos
  • check-icon Textura ultraleve de absorção imediata e controle da oleosidade.
  • check-icon Contém ácido hialurônico que proporciona hidratação e um toque aveludado.

runners

Quais são os fatores que influenciam o fotoenvelhecimento?

A radiação solar não é a única causa do fotoenvelhecimento. Outros fatores, como contaminação do ar e poluição, também estão relacionados ao envelhecimento prematuro da pele. Quer saber como? Leia à seguir!

A radiação solar é composta por ondas eletromagnéticas que fazem parte do espectro eletromagnético do sol. Essas ondas são divididas com base em seu comprimento e frequência.

Existem vários tipos de radiação no espectro solar que atingem a Terra, incluindo a radiação ultravioleta (UV). A radiação UV pode ser ultravioleta A (UVA), ultravioleta B (UVB) e ultravioleta C (UVC). Este último não penetra na atmosfera, então focaremos nos dois tipos que atingem e atingem a nossa pele: radiação UVB e UVA.

UVB RADIATION

5% da radiação UVB penetra na atmosfera e é a principal causa de danos de curto prazo à pele, como danos causados ​​pelo sol e bronzeamento. É também a principal causa da maioria dos cânceres de pele.

Durante o ano, esse tipo de radiação varia mais e é mais instável que a radiação UVA: no verão, a quantidade de radiação é maior do que no inverno. Ele não penetra nas janelas, portanto não afeta a nossa pele quando estamos em ambientes fechados.

35% da radiação UVA penetra na atmosfera, onde é responsável por danos a longo prazo, como fotoenvelhecimento da pele, hiperpigmentação, imunossupressão e bronzeamento duradouro. Também contribui para o surgimento do câncer de pele.

Esse tipo de radiação é muito mais estável ao longo do ano e pode passar pelas janelas, o que significa que a radiação pode atingir nossa pele enquanto dirigimos ou enquanto trabalhamos no escritório.

A luz azul é classificada como luz visível no espectro eletromagnético do sol e, como a radiação UVA, pode passar pelas janelas. É a causa de pigmentação mais intensa e prolongada, principalmente em pessoas com pele mais escura.

- Existem mais de 7,3 bilhões de pessoas em todo o mundo, 54% das quais vivem em áreas urbanas

- Pelo menos 34.500 milhões de toneladas de CO2 são emitidas anualmente em todo o mundo.

- Atualmente, existem mais de 1,2 bilhão de carros no mundo.

- Em apenas um dia, o mundo inteiro consome mais de 11 bilhões de cigarros.

Quais os efeitos da poluição na pele? A exposição à poluição ambiental está relacionada ao envelhecimento prematuro da pele e a um aumento de 25% na hiperpigmentação e manchas escuras. A poluição produzida por veículos, indústria e fumaça de cigarro emite substâncias chamadas hidrocarbonetos aromáticos policíclicos, partículas muito pequenas que são incorporadas nas camadas superficiais da pele, desencadeando um processo chamado estresse oxidativo e alterando a expressão genética de certas células relevantes para o envelhecimento da pele e pigmentação.

Sinais de envelhecimento na pele associados à poluição:

- Pele desidratada com aumento da perda de água transepidérmica. - Vermelhidão. - Hipersensibilidade. - Inflamação e hiperpigmentação que tornam a pele cinza. - Redução dos níveis de colágeno e elastina, levando à formação de rugas na pele. - Estímulo da melanina, causando alterações no tom da pele (melasma).

www.isdin.com Utiliza cookies propias y de terceros para su funcionamiento, para mantener la sesión y personalizar la experiencia del usuario, así como para obtener estadísticas anónimas de uso de la web. Para más información sobre las cookies utilizadas consulta nuestra POLÍTICA DE COOKIES